Acadêmicas do 2º e 5º períodos do curso de Estética e Cosmética Funorte Janaúba promoveram na quarta-feira, 14, ação de Saúde do Trabalhador para colaboradores do Centro de Atenção Psicossocial – CAPS, no Caiçara Praia Clube. Foram desenvolvidas atividades nas áreas da saúde e beleza para os profissionais com objetivo de melhorar a saúde física e emocional dos mesmos.

Dayse Salvino, coordenadora do curso de Estética e Cosmética, e também idealizadora do evento, afirma que a ação foi feita pensando em: “aumentar a autoestima desses profissionais, realizando procedimentos de massagem relaxante, depilação egípcia, revitalização facial e orientações de automassagem”, diz.

Dayse ressalta ainda que o local favoreceu ainda mais a ação. “A intervenção foi realizada numa tarde, em meio a natureza, embaixo da sombra de árvores, o que levou a um relaxamento do corpo, mente e espírito”, afirma a coordenadora.

Lília Syomara Mendes, coordenadora do CAPS Janaúba, ficou muito satisfeita com o atendimento das alunas e agradeceu a parceria. “Obrigada Dayse pela parceria e confiança no projeto. Pode ter certeza que a saúde mental, em nome do CAPS, sente-se imensamente grata por esse momento. Os profissionais merecem esse atendimento pelo grandioso trabalho oferecido à população da cidade. Obrigada por contribuir com a saúde mental dos profissionais e, também, agradeço as acadêmicas que fizeram um trabalho maravilhoso”, destaca Lília.

CAPS

O Centro de Atenção Psicossocial – CAPS surgiu da necessidade de oferecer um tratamento mais digno e humano à sociedade, através de oficinas e ações terapêuticas agindo em conjunto com um acompanhamento médico.

O atendimento feito pelo CAPS é completo, oferecendo todos a função em destacar um acompanhamento médico e medicação. Mas, em estimular sua integração, junto aos familiares e a comunidade, através de ações e programas sociais e tratamentos. Com um acompanhamento específico, para cada tipo de paciente e patologia, oferecendo um suporte de ótima qualidade, através da capacitação dos profissionais.

O CAPS prioriza esse elo entre paciente, instituição e a família como peça chave para a recuperação do indivíduo, através de parcerias e atividades com a comunidade, podemos ver uma significativa melhora no quadro clínico além de uma inserção social mais rápida.

 

 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *