(38)3821-3427
(38) 99243-1152

Egresso Funorte Janaúba faz carreira em empresa no ES, referência em Agronegócio


Atualmente os avanços tecnológicos no âmbito rural, vem contribuindo de maneira eficaz no crescimento da produção dos agricultores, auxiliando também na qualidade de vida dos mesmos e consequentemente oferecendo mais oportunidades ao profissional de agronegócios.
Tiago Pereira de Melo, de 22 anos, natural de Janaúba é egresso do curso de Tecnologia em Agronegócios, concluiu sua graduação na Funorte de Janaúba no ano de 2018 e atualmente  trabalha na AgroBianvirc, na cidade de Linhares, ES.
Em entrevista, o egresso relata que iniciou sua vida profissional trabalhando como Ajudante de Padeiro, trabalhando por 3 anos. Em 2018, teve uma oportunidade de trabalhar como Gerente Comercial de uma empresa do ramo de floricultura e jardinagem, onde ficou por mais de um ano. No início de 2020, recebeu a proposta de ir ao Espírito Santo, para trabalhar na AgroBianvirc, empresa que trabalha com produção e comercialização de banana atuando no mercado interno e exportando também para a Argentina. Dentro da empresa Tiago notou que durante a pandemia, apesar de todas as dificuldades “O Agro não pode parar. Essa frase diz tudo. É necessário manter a fé em Deus e ser forte ”, finalizou.
Hoje em dia, voltado mais para sua carreira no Agronegócio, o egresso declara que tem como objetivo ajudar a empresa em que trabalha a crescer ainda mais e alcançar novos mercados.
De acordo com o profissional, o curso de Tecnologia em Agronegócios é de grande importância para o Brasil, pois os profissionais formados poderão propor soluções inovadoras para toda a cadeia produtiva, atuando com uma visão sistêmica de todo o processo para fazer uma gestão que dê resultados sustentáveis, alavancando ainda mais a produtividade e qualidade dos produtos, e assim, atender consumidores e ser cada vez mais competitivo no mercado internacional.
Segundo o profissional, ele já havia escolhido a Funorte desde o ensino médio, quando uma querida professora chamada Eresi foi até sua escola, para apresentar a Faculdade e os cursos para os alunos do último ano. “ Eu achei muito interessante o curso de Tecnologia em Agronegócios, e a Funorte Janaúba oferecia esse curso na modalidade presencial noturno, que naquele momento era o que me atendia’’, relatou.
Em relação a sua trajetória, ainda como calouro, ele pôde observar diversas dificuldades existentes durante a graduação, diante disso, deixou uma mensagem para aqueles que estão iniciando a caminhada. ‘’ Se esforcem ao máximo, tenham disciplina e calma. Tudo acontecerá no tempo certo. Não levem uma dúvida para casa, pergunte quem está na sala de aula para te ensinar, não tenham vergonha de aprender’’, enfatizou.
Para Tiago, foram muitos os desafios, mas também recebeu muito apoio e motivação de seus docentes. “Cada professor tem a minha gratidão. Em especial, o professor Lucimar mais conhecido como “Luciboy” que se destaca pela pessoa que é, admiro muito ele, um homem humilde e batalhador e que tem paixão por ensinar“, disse. De acordo com ele, a disciplina de Introdução ao Agronegócio foi a mais interessante, pois o fez enxergar a importância de todos os elos da cadeia produtiva do agronegócio, e a grande representação dele para o mundo.
Para concluir, ele ressalta alguns pontos que são essenciais na vida de um profissional. “Não tenham medo de arriscar e não desistam na primeira vez que for para o chão, levanta-te, limpa-te, erga a cabeça e continue. Um profissional diferenciado é aquele que sabe que precisa sempre estar se qualificando e entende que sempre pode aprender um pouco mais com todos a sua volta, sendo humilde para aprender e confiante para ensinar ”, disse.
Ele finaliza deixando uma mensagem sobre como conquistar o sucesso. ‘’O sucesso de cada um depende do que ele vê como sucesso. Para mim, o sucesso não é um patamar para alcançar e acomodar, o sucesso é quando entendo que posso melhorar a cada dia e busco essa melhoria de modo que meus objetivos fiquem cada vez mais fáceis de serem conquistados’’, conclui.


Publicada em: 09/11/2020
Tags: